quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Complicados ( Minha homenagem aos casais complicados de plantão )


Eu queria te dizer tantas coisas , mas as palavras brigam dentro de mim-nada é tão simples de dizer , nada se esgota tão rápido assim , até numa história de “mão beijada”...


E assim , eu fico louca pra te dizer milhões de frases , mas as palavras brigam dentro de mim...


O meu desejo resvala no abismo do caos , não se esgota no simples , realiza-se no composto.


Eu queria te dizer tantas coisas , mas tudo é tão difícil pra mim , começando por nós dois , complicados assim – decompostos no composto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário