sábado, 13 de dezembro de 2008

O céu continua


Eu não preciso de juras , provas ou documentos autenticados , lágrimas e poemas mais "rasgados".


Eu não preciso dizer ,basta sentir e me ter- assim como toda tempestade passa , o céu continua ,continuo sempre sua.


Não preciso de juras nem dos poemas mais "rasgados" , provas ou documentos autenticados-amor não se comprova ,vive-se por ele;basta senti-lo e tê-lo na continuidade de um céu; continuo sempre sua.

Nenhum comentário:

Postar um comentário