quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Não se acostume...

Ela me chama de mãe- mãe do céu! Às vezes, nem creio que sou genitora , assusto-me com este serzinho que precisa sempre de mim , voz de petição , esperando meu beijo , minha palavra , minha presença certeira.

Vou ter, um dia , meio século , mas sei que me assustarei com o milagre de ser mãe, com o adulto que entregarei ao mundo, com o que aprenderei com esse amor...Vivo mergulhada nas letras , no carinho dos meus amigos e familiares , cercada de música , do trabalho que abracei na cidade que vou aprendendo a gostar , sol e lua, Deus e fé.


Eu não me acostumo com as boas coisas da vida ...E isso é que me faz tão feliz...Cada dia , uma coisa nova ,tipo pequena-grande ou grande-pequena, mas eu não me acostumo com o que é bom...Muito menos com o que é ruim...Acho que por isso, ser amiga ,mãe, sobrinha,filha ,neta me deixa tão feliz...


E a vida pulsa a cada dia , cérebro e coração juntinhos, se o negócio mesmo é não se acomodar , já que o segredo da lida é se surpreender com o que você é , com o que os outros são , com tudo que pode ser um dia...Que os passos sejam únicos , e que a gente nunca se acostume...

Um comentário:

  1. Minha vida,volta pra mim! O que posso fazer mais por nós dois...Nenhum homem amou você mais do que eu!

    ResponderExcluir