quarta-feira, 22 de abril de 2009

Cada gota de mim




Em cada gota de mim , meu ardor de ferida , dor da diária lida , riso incontido na flor.


Líquida tão fluida, gota por gota , jorro no desassombro , sem a timidez de ser um simples cerne.


Vida, não sei se te molhei mais de suor ou de lágrimas - o meu melhor , talvez cheire a fruto pior , mas em cada gota de mim , um amor derramado e maior.



Nenhum comentário:

Postar um comentário