terça-feira, 21 de julho de 2009

OLHOS DE CHUVA


ESSES SEUS OLHOS DE CHUVA INUNDAM -SE DE BELEZA E SE DERRAMAM , REGADOS DE TANTAS CORES.

DESARRUMAM FEITO VENTANIA INESPERADA , MEIO ASSIM , ALVO DE LONGE , COMO QUEM SE ESCONDE , MAS A TEMPESTADE CINZA AINDA AMEAÇA

E O BRILHO PRATA NÃO NEGA , NEM OS LÍQUIDOS AMORES , OLHOS DE CHUVA DERRAMADOS EM MIM , INUNDADOS EM VOCÊ

MAS , SEM EU MESMA PERCEBER , CHEGA A VENTANIA DA NOITE FRIA , E O MEU AMOR , QUE É SOLIDO , VIRA O AMOR MAIS LÍQUIDO , TANTAS CORES ,E ESTA MINHA CERTEZA - ESSES SEUS OLHOS DE CHUVA

Nenhum comentário:

Postar um comentário