sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Quase líquido


Eu quero um amor perdido , e achado em ti ; um amor rendido por um beijo apertado , amor que descansa logo no peito  e mastigado na boca.


Quero um amor que me deixe um pouco louca ,algo de livre , tão solta , perdida e achada.


Amor que faz rir , que me faça ir , que viva e morra em ti sem mais nenhum espaço , viver cada pedaço de laço , achado e perdido , o dito e o não dito , amor de mais um toque , amor que escorre , amor quase líquido .


2 comentários:

  1. Um momento líquido... Um extase em tudo que escreve... Meus parabéns, garota! Zaruk.

    ResponderExcluir
  2. Lindo, como sempre é o que mais me deixa numa alegria só...
    Bjs, obrigado pelo comentario no Recanto das Letras.

    ResponderExcluir