sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Eu nunca vou deixar de te amar


Eu nunca vou deixar de te amar enquanto houver o sol do meio-dia , a densa brisa fria , o azul deitado no mar.




Eu sei que é bem verdade - não te pedi para ficar , mas não vou me enganar , se onde eu sinto , tu ainda estás .




Mas deixo assim , a flor vermelha no meio do jardim , tudo bem no seu lugar , mas eu nunca vou deixar de te amar .

Nenhum comentário:

Postar um comentário