sábado, 5 de dezembro de 2009

Noite azul

Os meus pedaços , tão inteiros , sonham com aquela noite azul , estrelas no teto, você sorrindo pelos cantos.

E nas beiras das esquinas , uma música que se fez pranto , se ainda o amo tanto , o quanto você pode imaginar , e os meus pedaços , tão inteiros , brigam por você primeiro – esqueça quase tudo, mas sonhe comigo , com as estrelas no teto, nossa noite azul , nossos cantos sorrindo.

http://www.youtube.com/watch?v=Q0tlnXoCZZk&feature=related

Nenhum comentário:

Postar um comentário