quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Apenas sou...


Sou levada pela mesma brisa que se perdeu e me carrega, arejando a alma, negros tormentos, formando nuvens e pensamentos, correntes de vento.



Sobrevoando cabelos, tiritando por inteiro, vivendo mais uma soma, levada aos ermos, invernos, pela mesma brisa que se perdeu e me carrega, moinhos de vento, contentamento - apenas sou mais um germe, vento e cerne, e o tempo moendo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário