quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Milhas e milhas ( homenagem à minha tia com saudades da filha q mora longe e a todos os pais e mães q pagam pelo preço de amar)



A mãe chora a saudade da filha, virou saudade em ilha, milhas e milhas somadas de amor.


Não evita a falta- ausência , mas afaga tão suave na dor pela coisa indefinível do amor, coisa de zelo - genitor , e a mãe chora, pois a filha ainda mora para sempre em seu aberto ventre, seu amor em ilha , amor de milhas e milhas.

http://www.youtube.com/watch?v=RD3WwM6l1J0&feature=related



Nenhum comentário:

Postar um comentário