sábado, 10 de abril de 2010

O sentir



O sentir não se explica, pode ser algo pouco confiável, puramente fruto de fantasiosas sensações mas, muitas vezes, é o nosso inerente, a nossa identidade com a alma de alguém..

Simplesmente, a gente gosta ou não, e ninguém mais entende.

Nenhum comentário:

Postar um comentário