domingo, 20 de junho de 2010

A noiva ( Homenagem à minha prima Fernanda)




Noiva de neve, enevoada; de cetim, o rosto, jeito de ser amada.

Sorriso de choro, lágrima de princesa, sabe que o amor vem de madrugada, e nunca mais se deita.

Tão linda noiva, Fernanda de branco; esvoaça, de longe, o abençoado manto, anjo e encanto, canto branco, seu amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário