sábado, 19 de junho de 2010

Num brilhar brincando



As ondas purpurinam, cintilam ao meio-dia , viram véu de cigana num vai- e- vem que engana.

Parece mesmo com purpurina, ou com a mais linda estrela, mas é apenas o mar vestindo-se de bela, mulher que vela e espera tão branca ao sol, num brilhar brincando...

Nenhum comentário:

Postar um comentário