quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Coisas simples e complexas


Mas são tão boas as coisas simples, se já nascem livres e puras, feito pássaros ruflando! O complexo, muitas vezes, desvirtua-se e se descolore nas conchas de seus labirintos, não chegando aonde e a quando...

Nenhum comentário:

Postar um comentário