sábado, 15 de janeiro de 2011

Inesperado


É o inesperado-sincronizado da vida que mete medo. Arrumamos nossos dias como se fossem roupas num guarda-roupa velho e trancado,como se a chave fosse só nossa.Para viver,precisamos da falsa sensação de controle.É a ilusão pela ilusão,e tudo fica doce.

Nenhum comentário:

Postar um comentário