quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Linhas






O que nos resta é a linha curva e azul da vida, as retas corridas do tempo, pontilhados de chuva e vento, ondas e sol, picadinhos de estrelas...






E, por mais um dia, brindemos e vivamos na berlinda das linhas de uma vida --------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário