quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Apenas fiquei

Não me diga o que fazer com este silêncio tão melhor, pois a vontade cala e nada diz ...Deixe tal coisa assim mesmo, só para nós dois...

Entre olhares, brincar de segurar ponteiros do tempo, segurar seu ombro - é aqui que eu fico, amor... Espere, eu não disse- apenas fiquei...

Nenhum comentário:

Postar um comentário