terça-feira, 3 de abril de 2012

Pink Floyd ( foto by Mayara Carneiro)


Música que não caduca, que não cria fios brancos, e sim, coloridos, cheios de luzes.

Mentes sãs e estranhas, a arte reclamada pelo limbo do tempo, música e entranhas, o tudo e o nada que não se esgotam: misturam-se ao humano, aos sonhos e cantam.

Nenhum comentário:

Postar um comentário