domingo, 10 de junho de 2012

Belo jogo

Não me salvo, muito menos você, tampouco o mundo...Estamos em perigo desde sempre...Nascemos para o imprevisível, correnteza para o iminente, enredos e rumos, descontrole do caos... 

Arrumamos para desarrumar, caímos para levantar, estamos na espreita louca de qualquer coisa- estamos vivos, e disso ninguém nos salva- belo jogo da vida!

Nenhum comentário:

Postar um comentário