sexta-feira, 3 de julho de 2009

Teresina, cidade verde ( Saudades... E este meu banzo...)




Ela olha para trás- a cidade escapa tão pequenina , troca-troca, jeito de menina linda , pôr-do-sol nos rios que se beijam , Teresina-cajuína.


Mas ela sempre volta com os braços de sua família envoltos , menina tão verde Teresina- seu recanto de amor , caneleiro da mais amarela flor , metades de cor e sina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário