domingo, 29 de janeiro de 2012

Brincadeira





Adoro quando o sol, o vento e as árvores brincam entre si- Brincadeiras de roda, esconde-esconde, pega-pega...




E mais um dia vai, e mais um dia vem no branco do vento, na laranjada do sol, no verdume da árvore... Apenas mais uma brincadeira do que se chama dia, do que se chama noite, do que se chama vida...

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Moralismo



Uma pessoa rigidamente moralista perde o que há de melhor: sua própria humanidade refletida na alheia.