quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Tempo- rei (2010!!!!!!!!!! Felicidade, serenidade, fé e realizações para nós todos... Yuhuuuuuuuuuuuu!)



Agarro o presente tempo com a mão direita, sufocando-o mesmo em vão, quero bis ou uma nova canção.




Sei não, o presente é logo passado, passou nossa andança, futuro de mais um quiçá de esperança, a linha diáfana reta, ar de eterna.




Eu fui, mas também sou, quiçá serei, e o que vier, eu sei - com a mão direita, um alento em meio ao vento, estarei a tudo atento, a cada pedaço , a cada inteiro momento , meu tempo- rei.




quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Caridade verdadeira ( prazer e felicidade)


A caridade deveria ser um dom natural de todo ser humano, e jamais usada para amaciar egos, melhorar a imagem das pessoas , ser alegada pelo nosso egoísmo , desvirtuada pela nossa vaidade , alarmada aos quatro cantos , como se não fosse nossa vocação perante os nossos semelhantes e Criador.

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Sem a causa-resposta


Os pensamentos resvalam na madrugada , quase não se entendem , sobrepõem –se, dormem confusos, contusos, devassos num sonho insone.

Não tem sentido o perdido raciocínio , sem a causa - resposta , sem o porquê da pergunta; sei lá , nada se junta.

Agora, pensando em pedaços, retalhos sem finais ou meios- espaços , deixo o pensamento ir embora, jogo as palavras fora e desdenho a minha poesia –seja lá o que for do meu dia , já é madrugada.

Ninguém é tão suficiente...


Ninguém é tão suficiente para alguém...Ainda bem! Temos uma alma que vive do calor de amigos, de tantos queridos, aprecia o cheiro da flor, páginas se encontrando no livro, interesses tantos, histórias notáveis ou não , uma multidão. Isto porque o tudo se faz incompleto, isto porque a nossa redenção é a nossa multiplicidade.

Bola de sabão ( À minha filha e às nossas crianças de cada dia)


O espelho rosa da menina é aquela bolinha de sabão, voando grande, voando leve; soprando, segue, bola de neve.





Arco-íris na íris de menina , deslizando no jardim, flutuando displicente no paraíso , seu sorriso, o espelho rosa reflete.
Guardada na sua mão, bola de neve, voando grande, voando leve, soprando, segue , a menina rosa , e a felicidade é tanta, de mais uma bola de sabão ...

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

sábado, 5 de dezembro de 2009

Noite azul

Os meus pedaços , tão inteiros , sonham com aquela noite azul , estrelas no teto, você sorrindo pelos cantos.

E nas beiras das esquinas , uma música que se fez pranto , se ainda o amo tanto , o quanto você pode imaginar , e os meus pedaços , tão inteiros , brigam por você primeiro – esqueça quase tudo, mas sonhe comigo , com as estrelas no teto, nossa noite azul , nossos cantos sorrindo.

http://www.youtube.com/watch?v=Q0tlnXoCZZk&feature=related

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Ser e amar de novo


Eu quero viver de cores quentes , abduzidas , rasgadas no todo.




Sentir o calor do corpo ,criando forma ,envergando o juízo ,despindo a vergonha.




Desejar o melhor que há do teu sorriso ,o que for preciso para te refrescar na tarde.




Quero o beijo de todas as letras , luzes bem acesas , bem-estar e viver na cor , envergando o juízo , tudo o que for preciso para ser e amar de novo .

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Lua de alma branca




Tem a alma branca , a lua despolida que me envolve , um véu de luz suspenso na noite azul.



Toda cheia , a lua na rua passeia e clareia as esquinas ,tuas idas e vindas , teu pó e areia .



Luz da lua , teu olhar incendeia , lua de alma branca é minha teia , pó e areia , branca alma despolida.