domingo, 27 de setembro de 2009

Olhos indecisos




E estes teus olhos , indecisos na cor , dizem qualquer coisa que eu nunca sei , o que for .


Talvez eu me entregue a um trejeito secreto quando estiver por perto , se não me canso de espreitar a tua briga de tons ,indecisão e matizes , mas nunca se sabe , amor...


Se são azuis ou marrons , qualquer coisa de paixão ou de dor, rio ou mar , somente estes teus indecisos olhos , somente teu mais impreciso olhar amarronza e azula a nossa sala de estar.

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Pedaços e restos ( há anos e anos, anos e anos , grandes histórias, sempre tivemos e teremos)



Eu fiz de ti pedaços , os meus melhores restos , letras e rimados versos , boas páginas de um livro.

Eu fiz de ti retalhos , meu grão cinza de chuva , pó e sombra de paixão .

No meu ombro , ainda o peso da tua mão , e acabei te mandando embora , mosaicos de um novo agora - meu sim virou não , últimos e melhores versos, grão e chuva , teus pedaços , chorei os meus melhores restos.


quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Luzes e vapores


Luzes e vapores , simples olhar – eu , demasiadamente cansada ou louca , mas luzes azuis rondam-me sem parar.


Meu poros faltam saltar , expelindo pelos , assanhando o cabelo , mas tudo , quase em um segundo...


Meio zonza de algo forte ou de morte , esquizofrenia ou mania , desde em que o vi , mirando na cama , o meu olhar.


E tudo se evaporou feito água verde do mar , quase em um segundo, quase tudo do meu mundo , todos os meus poros e pelos , luzes e vapores , teu jeito de cheiro.

http://www.imeem.com/artists/marisa_monte/music/jUW7Q60Q/marisa-monte-arrepio/

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

O melhor de Deus



Em meio à minha carnal miséria , vivo cercada de infinitude ; ou melhor , chamo tudo isto de plenitude , ou o melhor de Deus no nosso chão de gente.

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Toda mulher



Toda mulher é uma coisa quase estranha , de uma paixão sem números ou nomes , de uma força tamanha , leva- e - traz de carinho , o sorriso quente de vinho.



Toda mulher é o que se quer, o porquê da luta , o gosto doce da fruta , beija o chão de tudo que ama , um ser de uma paixão quase estranha , sem nomes ou números - toda mulher.


quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Deixe-me assim...



Deixe-me assim , tão solta a esmo sob o vento , se é só mais uma questão de tempo , quero um pouco o meu lugar.

Não precisa me segurar , como se eu fosse para bem longe , como um alguém que se esconde , mas deixe-me assim - isso também é amar.

E , se for para um dia acabar , quebraremos todos os copos de cristal , e apenas o que há de melhor , eu sei que vai durar ; então tá , deixe-me com o vento , e se o tempo resolver esperar aquele nosso momento , a gente pode , mais uma vez , amar .


segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Labirinto ( Escrever é enlouquecer um pouco)


Sou mais uma alma desarrumada , farrapos num desaprumo , se eu vago perdida nos meus castigos , rondando labirintos de mim tão sem rumo .


Não entendo muitas vezes o que é que há , se a visão anuvia e fica turva , e lá se vem aquela fechada curva , e eu derrapo nos meus farrapos , pedaços jorram sobre o labirinto , e sei lá o que é que eu sinto , se é a mais pura verdade, e eu quase não minto , mas no final de algum dia , devo ser mais uma alma sem garantia - labirinto

domingo, 13 de setembro de 2009

De novo


QUERO O NOVO , MAS NA BELEZA DE CADA BIS , SEM CURVAS DE RUGAS OU HALITOSES DE MOFO.


QUERO AS SACUDIDAS CORTINAS , ARANHAS E TEIAS , POEIRA E FULIGEM EXPELIDAS.


DOU O VÔMITO À NÁUSEA , O DRAMA SEM BRIGAS , O MEL NAS FERIDAS.


HOJE É MAIS UM DIA , CHEIRINHO DE NOVO , EU SEI – TEU OLHAR NÃO VAI SE CALAR , SE O AMOR NÃO DORME E SE APRESSA EM CHEGAR .


DEIXA SÓ O TEU CORAÇÃO BATER VIVO EM ALTO E BOM SOM : TUM - TÁ NA BELEZA DO QUE SE REPETE , E MAIS UMA VEZ , O AMOR PEDE BIS , E TUDO SE FAZ NOVO , E DE NOVO, VIVE –SE SEMPRE MAIS UM TANTINHO FELIZ.

http://www.imeem.com/people/4AllmO/music/PlJ9oeFT/lulu-santos-tudo-bem/



quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Eu já te falei ...




Eu já te falei das folhas de outono , dos enredos de cada olhar , das horas que logo sumiram , nuvens sem voltar...


Da página virada , do amor sentido , do passado passado...Amado , eu bem que te falei...


Que o tempo não para , e nem sequer repara nos erros desferidos, mas entre mortos e feridos , eu juro que te amei...Lembras ? Eu já te falei...

Cadinho Cintilante


As estrelas tilintando no quarto , mais uma carícia azul de luar , brisa dançando sobre a rosa cortina.


E a menina Lara dormia na paz de quem muito sorria , e o universo inteiro entrava no pensamento , porque já lia e bem vivia cada único momento , sabia que o ilimitado é um cadinho cintilante de vida e fantasia .


E a menina dormia tilintando estrelas , a rosa cortina dançava , e o universo inteiro entrava feito frase lida.

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Chocolate



Você tem o gosto da vontade mais inefável e doce - Cheiram a chocolate até seus defeitos , melhores ou piores , sabores e aromas , abraço que logo desata um beijo.



Chocolate ao leite, branco ou meio amargo , desejos e deleites , o seu grão mais refinado - flores , seu cheiro deitado na cama , cartas de amores ,mas eu me lambuzo só com você ; de corpo e alma , chocolate.

sábado, 5 de setembro de 2009

Felicidade



A felicidade é uma casa de veraneio reformada a cada dia , como se mais alguém morasse bem dentro de nós. Ela simplesmente não acontece - depende muito mais de nosso empenho , de nossos arraigados valores e ,sobretudo , para onde canalizamos os nossos mais sólidos amores .

Qualquer besteira


Qualquer besteira flutua pela minha cabeça - basta roçar os meus pés , falar dos seus invés, sua voz quase rouca.


É assim mesmo, quando bem se quer , a gente quer mais sempre , e o que quase aprisiona vira coisa tão indecente , qualquer besteira , perco mesmo a tão boa maneira, quero olhar se você chegou , seu cheiro bom no andar de casa.


Ah, meu Deus , e esse homem azul de asas , anjo querubim pra mim, voando pela minha cabeça , roçando os meus pés , falando até mesmo dos seus invés .


A felicidade é mesmo louca , se adoro a sua voz quase rouca , e qualquer, qualquer besteira me faz assim tão feliz.

http://www.imeem.com/groups/q8qBDdXu/music/TNMKNqdc/rick-astley-80s-heroes/



sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Acho que bem morri...


Amanheci ... Pelo menos acho que , ainda hoje , vivo - os olhos brilham num agudo de ontem , meus pés pisam o chão da contramão , horas arrastam correntes de tempo , passam os pássaros e os mais altos pensamentos.



Mas você sorri bem no final de um dia cansado , a boca de larga comissura , um beijo fresco , qualquer coisa de tal fissura - Sei lá , ainda hoje , acho que bem morri de amor , e quem sabe, talvez amanheça e nunca mais o esqueça.