sábado, 3 de março de 2012

Orvalho


E o orvalho se faz gota, outra, outro dia, e mal o sol acorda, é a lágrima que brota risonha, feito milagre no braço da árvore.

Nenhum comentário:

Postar um comentário